Como iniciar o adestramento do meu cão?

Como iniciar o adestramento do meu cão?

Ter um cãozinho como companhia é algo incrível que nos garante amor, carinho e companhia durante a nossa vida. Mas, se esses animaizinhos não forem adestrados da maneira correta, podem gerar muitos problemas em casa.

Para iniciar a educação do seu cão, existem alguns comandos básicos, como “senta”, “sai”, “fica” e “deita”. São tarefas que requerem repetição de ações e muita paciência, mas que valerão a pena no final.

Para você que recentemente adotou um cãozinho: vamos te ensinar como iniciar o adestramento dele!

Como iniciar o adestramento do meu cão?

Ao adestrar o seu cãozinho, a ideia não é empregar nada que eles já não usariam por natureza. Com isso em mente, o uso de artefatos para fazer barulho e “assustar” o seu cachorro não é necessário e nem eficaz. 

E ações como borrifar água em sua cara ou até mesmo dar um tapinha ou bater o chinelo no chão não são essenciais ou eficazes no adestramento. A eficácia no adestramento se encontra em uma posição firme para sinalizar as coisas erradas, que irá se assemelhar à rosnada de um outro cão, que é, naturalmente, ao que os cães respondem.

Assim como um cão rosnando, você precisa ser firme e direto no seu posicionamento. Não prolongue o chamado para coisas erradas, um simples “não” é suficiente para advertência. 

Inicie os primeiros comandos com coisas simples e, ao advertir, lembre-se de manter uma postura firme. Caso não adiante, é recomendado um leve toque no cão, para que ele perceba sua advertência como tal e não como um carinho.

Principais erros ao adestrar

O processo de adestramento é feito de erros e acertos, tentativas e retentativas. E, por isso, já sinalizamos os principais erros cometidos nesse processo, para que você fique atento!

  • Primeiro erro: utilize o nome do seu cachorrinho apenas para ordens e falas positivas. Dessa maneira, ele irá associar o nome com coisas boas. Isso será ótimo em uma situação, por exemplo, caso o seu cãozinho tente sair pelo portão e você diga o nome dele, imediatamente, ele irá pensar “tem algo bacana para mim se eu ficar, então vou ficar”.
  • Segundo erro: não grite com o seu cão. Ele já escuta tudo que você tem a falar perfeitamente. Os livros de observação canina indicam que quanto menos você fala, mais seu cachorrinho irá te ouvir.
  • Terceiro erro: ao chamar atenção, um forte e firme “não” é o suficiente para que ele pare de fazer a coisa errada. Não adianta complementar com a ação errada que ele está fazendo, “não coma o pé da mesa” não irá fazer diferença. 
  • Quarto erro: seu cachorrinho não te enxerga como mãe ou pai. Se ele te respeita, ele irá ouvir atento o que você tem a dizer. Ele pode até mesmo chegar a mostrar a barriguinha para você, o que significa que ele confia em você.

ZeloPet + Jean Cloude

Pensando em nossos tão amados pets, o Grupo Zelo conta com um plano funerário especial para esses bichinhos que fazem parte da nossa família. 

Garantindo a despedida tranquila e merecida para o seu pet, demonstrando todo amor e carinho do início ao fim, preservando sua memória.

A homenagem final ao seu cãozinho merece um ZeloPet!